quarta-feira, setembro 03, 2014

domingo, agosto 17, 2014

dos amores intercontinentais

(ou: porque sou internacionalista, anarquista, universalista, holística e o que mais a linguagem verbal conseguir abranger nesse sentido - expandido - do que conhecemos...)

da luta
pela aceitação
de que estados
(d/e espíritos)
não têm fronteiras

e que ser
é raíz.
(pro/fundo)

e os territórios
são livres;
e vastos.

e a vida brota
em toda parte:
o tempo todo.

quinta-feira, agosto 14, 2014

s/t

ouvindo:
o barulho da rua
as rodas no alfalto
o ruído dos motores
as freadas dos ônibus
e buscando silêncio
dentro de mim

espera
respira